Perguntas Frequentes

Avisos Importantes

Atenção ! Muito importante!
Contribuição Sindical !

Recolhimento da Contribuição Sindical Patronal

O recolhimento da Contribuição Sindical devido pelas empresas continua tão obrigatório, quanto o desconto e recolhimento da Contribuição Sindical devida pelos empregados.

A Contribuição Sindical devida pela Agência de Propaganda enquanto empresa, deve ser recolhida até o último dia útil do mês de Janeiro corrente. Recolhimento fora do prazo acarreta o pagamento de multa e juros. Portanto ATENÇÃO PARA O PRAZO.

É muito importante recolher a Contribuição Sindical para a Entidade certa, porque a guia de recolhimento é documento essencial para a Agência participar de licitações e para fornecer serviços publicitários às Autarquias, para Estatais e Empresas de economia mista.

Guia de recolhimento de Contribuição Sindical para Sindicato ou Federação do Comércio ou de outra atividade qualquer, não serve para os fins previstos no Artigo 607 da CLT.

Documentos necessários para filiação ao SINAPRO-RJ:

  1. Xerox do Contrato Social;
  2. Xerox da última Alteração Contratual;
  3. Certidão negativa dos 04 Primeiros Distribuidores Forenses, nos seguintes endereços:
    • 1º Ofício: Av. Almirante Barroso nº 90 / 2º andar - Centro - Rio de Janeiro;
    • 2º Ofício: Av. Almirante Barroso nº 90 / 2º andar - Centro - Rio de Janeiro;
    • 3º Ofício: Av. Almirante Barroso nº 90 / 2º andar - Centro - Rio de Janeiro;
    • 4º Ofício: Rua do Carmo, 8 / 3º - Centro - Rio de Janeiro;
  4. Relação de Bancos, Relação dos Clientes e dos Fornecedores;
  5. Xerox do CNPJ;
  6. Xerox da Inscrição Municipal;
  7. Xerox das Guias de GRCS dos 5 últimos anos e para agências que tem menos de 5 anos e existência, as guias referentes aos anos e atividade;
  8. Número de funcionários por departamento.

NOMECLATURA DE CARGOS E FUNÇÕES 
(Cada nomeclatura abaixo possui uma descrição)

  • - ATENDIMENTO
  • Diretor de Atendimento

    Dirige, supervisiona e coordena o departamento de atendimento da agência, traçando, juntamente com a diretoria geral, a política e a filosofia do atendimento da agência.

  • Supervisor de Grupo de Contas

    Coordena o atendimento, respondendo ou à diretoria da agência, ou à diretoria de atendimento, sendo o responsável pela supervisão geral de um grupo de contas, encarregando-se ou delegando as funções de planejamento mercadológico e de comunicação dos clientes sob sua responsabilidade.

  • Diretor de Contas

    Principal executivo de uma conta ou grupo de contas, encarregado de coordenar as operações, no que diz respeito a briefings e demais documentos, podendo, por delegação do supervisor de contas, se encarregar do planejamento mercadológico e de comunicação das contas sob sua  responsabilidade.

  • Executivo de Contas

    Encarregado de executar todas as rotinas de trabalho do atendimento, incluindo  informações e controles necessários ao andamento dos trabalhos de cada cliente. De acordo com o tempo de experiência, poderá estar situado no nível senior ou junior.

  • Assistente de Contas

    Encarregado basicamente do seguimento (follow-up) dos trabalhos internos da agência com relação a determinada conta atendida.

  • - CRIAÇÃO
  • Diretor de Criação

    Dirige, supervisiona e coordena as atividades de todos os funcionários das áreas de criação, estúdio, produção gráfica, tráfego, produção eletrônica.  Junto com a direção geral da agência, traça a política e a filosofia do departamento de criação e das áreas de suporte  citados.

  • Supervisor de Criação (Grupo de Contas)

    Supervisiona os trabalhos de um determinado grupo de contas, coordena de uma ou mais duplas de criação, sendo responsável, junto ao diretor de criação, pelo resultado desses trabalhos.

  • Diretor de Arte 

    Cuida da parta gráfica do anúncio ou peça publicitária (diagramação, fotos, etc.). Junto com o redator, forma a dupla de criação que atende determinado grupo de contas. Conforme a capacidade e experiência poderá ser senior, júnior ou assistente.

  • Redator

    Encarregado de transmitir por meio de palavras, a idéia criada junto com o diretor de arte, seja anúncio, roteiro de comercial, ou peça promocional com base no briefing passadopelo atendimento, submetendo-as ao supervisor de criação ou diretor de criação. De acordo com a experiência e  ou capacidade  poderá estar situado no nível senior, júnior ou assistente.

  • Revisor

    Responsável pela revisão geral de textos publicitários relativos a anúncios, folhetos, peças promocionais etc, que saiam da Agência.

  • Assistente de Revisão

    Auxilia o revisor no desempenho de suas funções.

  • - MÍDIA
  • Diretor de Mídia/Chefe Deptº. de Mídia 

    Dirige, coordena e supervisiona o departamento  de mídia, traçando, junto com a diretoria, a política e a filosofia operacional do departamento.

  • Supervisor de Planejamento de Mídia

    Participa do planejamento geral da campanha, encaminha o briefing e supervisiona todo o trabalho de planejamento.

  • Spervisor de Compra de Mídia

    De acordo com a filosofia traçada pelo diretor de mídia, estabelece as premissas e efetua negociações com os veículos, visando sempre o maior retorno possível para os clientes da Agência. Supervisiona os coordenadores de grupos de contas.

  • Planejador de Mídia

    Sugere, recomenda e coordena o levantamento de dados necessários ao plano de mídia. Analisa as informações de pesquisa e executa o planejamento, procurando sempre o maior atingimento ao menor custo possível. Acompanha toda a execução da campanha.

  • Coordenador de Mídia (Grupo de Contas)

    Encarregado de toda rotina executiva do departamento, incluindo emissão de estimativas, autorizações, mapas de programação, recolhimento de material, além do acompanhamento do dia-a-dia das contas sob sua responsabilidade.

  • Supervisor de Pesquisa de Mídia

    Responsável pelo trabalho de levantamento de dados sobre os diversos meios, pelo acompanhamento e análise das pesquisas de audiência, mercado, concorrência, etc, adquiridas pela Agência.

  • Assistente de Planejamento de Mídia

    Por delegação do supervisor de planejamento, auxilia na elaboração do plano de mídia.

  • Assistente de Pesquisa

    Auxilia o trabalho do levantamento e coleta de informações, analisa e qualifica as pesquisas adquiridas.

  • Assistente de Coordenação de Mídia

    Responsável pelo andamento das rotinas do setor, acompanhamento e checagem das estimativas, autorizações a mapas de programação.

  • Checking

    Coordena e supervisiona todo o trabalho de controle da execução dos planos, através dos boletins fiscais, elaborando documento mensal a ser enviado aos clientes da Agencia. Elabora os mapas de controle, checando as faturas dos veículos com os boletins oficiais.

  • - ESTÚDIO
  • Chefe de Estúdio

    Dirige e coordena o pessoal e os trabalhos de layouts, ilustrações, diagramações, montagens e artes finais a cargo do estúdio, tornando-se responsável perante o diretor de criação pela  qualidade do trabalho apresentado.

  • Ilustrador

    Basicamente é o encarregado das ilustrações e/ou vinhetas  finalizadas, podendo ainda efetuar marcações bem acabadas de layouts e story boards, quando designado para tal pelo chefe de estúdio.

  • Arte finalista

    Encarregadoda montagem da arte final. Dependendo de sua experiência capacidade e qualidade do trabalho, poderá estar no nível senior ou júnior.

  • Montador

    Executa a etapa anterior à do arte finalista, ajudandoe dando assistência ao  a este sempre que for designado pelo chefe de estúdio.

  • Assitente de Estúdio

    Encarregado da programação, montagem de molduras e pastas para apresentações, prestando assistência às demais áreas do estúdio, de acordo com a designação do chefe de estúdio.

  • - PRODUÇÃO ELETRÔNICA
  • Diretor Geral de RTVC

    Encarregado de toda a política e filosofia do departamento de produção eletrônica, coordena a atividade de todos os funcionários do setor, com o objetivo de otimizar  todos os aspectos referentes à produção, seja no tocante à área interna ou externa (fornecedores).

  • Produtor Executivo

    Executa a produção de comerciais os spots, selecionando  modelos, atores, locutores, etc,  orientando os fornecedores sobre os objetivos visados pela Agência e supervisionando ou mesmo dirigindo os trabalhos de produção. É  também encarregado de detalhes de produção e análise prévia e final de orçamentos, sob a supervisão do diretor de  RTVC, devendo ainda zelar pelo material. da Agência, no que diz respeito a arquivos de modelos, de ambientes e dos fornecedores disponíveis.

  • Assistente de Produção

    Auxilia o produtor executivo no desempenho de suas funções.

  • Operador de RTVC

    Zela por todo o material eletrônico, pelo seu bom funcionamento e encarrega-se de todas as projeções da Agência.

  • Auxiliar de RTVC

    Encarregado basicamente de fazer e controlar os arquivos do departamento e outras funções que lhe sejam delegadas por seus superiores.

  • - PRODUÇÃO GRÁFICA

  • Chefe de Produção

    Dirige, coordena e supervisiona o departamento de produção gráfica, sendo responsável perante o diretor de criação pela qualidade e custos dos trabalhos gráficos, bem como pela política de fornecedores da Agência.

  • Produtor Gráfico

    Responsável pelo cadastro dos fornecedores e pelo acompanhamento, junto às gráficas e demais fornecedores, dos trabalhos em andamento, cálculos de composição, tomada de orçamentos e outras funções delegadas pelo chefe de produção.

  • Assistente de Produção Gráfica

    Auxilia o produtor gráfico no acompanhamento dos trabalhos em andamento junto aosfornecedores, recepção e conferência de notas fiscais  e encaminhamento das mesmas ao tráfego.

  • Auxiliar de Produção Gráfica

    Dá suporte ao  produtor gráfico, ou assistente de produção gráfica.

  • - TRÁFEGO

  • Coordenador

    Juntamente com a diretoria, estabelece a filosofia e a política de trabalho da Agência no que diz respeito ao relacionamento interdepartamental, além de coordenar tarefas e o pessoal do departamento.

  • Chefe de Tráfego

    Supervisiona o andamento de todo o trabalho criativo  da Agência, sendo responsável pela ligação entre atendimento, criação e produção, estabelecendo, junto a estes departamentos, critérios de prioridades e controle do fluxo dos trabalhos,  além de ser o responsável pela compra e controle do material de arte e estúdio.

  • Tráfego

    Controla a rotina de andamento dos trabalhos e seu fluxo na Agência, por meio de planilhas e envelopes de JOBs, confere notas fiscais e fornecedores e emite estimativas de custos para o atendimento. É responsável ainda pelo cadastro e atualização dos profissionais que poderão vir a ser utilizados pela Agência, negociando os custos dos mesmos.

  • Assistente de Tráfego

    Assiste o Tráfego em todas as tarefas de apoio na área administrativa, assim como no que lhe for delegado.

  • Auxiliar de Tráfego

    Executa tarefas de apoio.

  • - PESQUISA E PLANEJAMENTO
  • Supervisor Geral de Planejamento

    Supervisiona e coordena, juntamente com o atendimento e principalmente com o cliente, todo o planejamento das campanhas de propaganda traçando os caminhos, o posicionamento e os objetivos globais de marketing/comunicação de acordo com o planejamento estratégico.

  • Assistente de Planejamento Coordena toda a execução do planejamento anteriormente definido pelo supervisor geral, atuando junto a todos os canais a serem levantados. É responsável ainda pela coleta de informações que são utilizadas no planejamento mercadológico do cliente, seus produtos e serviços.

  • Auxiliar de Planejamento

    Auxilia na coleta de informações junto a órgãos, entidades oficiais, canais de distribuição, pontos de venda, etc.

  • Supervisor Geral de Pesquisa

    Encarregado da formulação do problema a ser estudado na pesquisa, e posterior criação de hipóteses e estruturação completa do projeto, incluindo a confecção do roteiro ou do questionário que orienta a coleta de dados. Prepara a amostra e calcula a linha de erro padrão. Elabora ainda o plano de tabulação da pesquisa e orienta a análise dos resultados.

  • Coordenador de Pesquisa

    Coordena a execução das pesquisas em todas as fases, incluindo o treinamento dos entrevistadores, a distribuição da amostra, a crítica das entrevistas.

  • Analista de Pesquisa

    Orienta o processamentodatabulação (eletrônica e manual), incluindo a programação e montagem dos quadros e testes de significância dos resultados. Interpreta os dados coletados, relacionando causa a efeito. Elabora o relatório final da pesquisa.

  • Auxiliar de Pesquisa

    Auxilia nos diversos trabalhos executados pelo departamento de pesquisa, desde a copiagem e montagem do questionário até a execução dos serviços tais como recrutamento de entrevistadores, locação de material, etc.

  • - ADMINISTRAÇÃO / FINANÇAS

(Diretor Financeiro; Gerente Finaceiro; Gerente Administrativo; Gerente de Recursos Humanos; Auxiliar de Recursos Humanos; Contador; Assistente de Contabilidade, Gerente de Contas a pagar; Gerente de Contas a receber; Advogado; Secretária; Recepcionista; Telefonista; Boy).

  • - ESTAGIÁRIOS

(Estudantes de Comunicação - a partir do 5º período);(Estudantes de Propaganda - a partir do 5º período).

Para Abertura de uma Agência de Propaganda é Necessário:

  • Elaborar um Contrato Social, cujo objetivo societário deverá estar de acordo com o artigo 3º da lei 4.680/65 e seus regulamentos, que deverá ser assinado pêlos sócios, duas testemunhas e um advogado;
  • Registrar o Contrato Social na Junta Comercial ou no Cartório de pessoas Jurídicas;
  • Fazer inscrição da empresa na Secretaria da Receita Federal e aguardar o Cartão do CNPJ M.F;
  • Fazer inscrição na prefeitura e pedir Alvará de Localização e Funcionamento, aguardar o Cartão de inscrição como contribuinte do I.S.S;
  • Fazer inscrição no INSS;
  • Fazer inscrição na Delegacia Regional do Trabalho;
  • Pagamento de Guia de Contribuição Sindical ao Sindicato das Agências de Propaganda do Estado do Rio de Janeiro;

OBS.:Em hipótese alguma é necessário que da sociedade, participe um publicitário. Se a empresa funciona no Rio de Janeiro, através de representantes, ela deverá indicar a Razão Social desses representantes e respectivos endereços a fim de que possa verificar a situação dos mesmos face a obrigatoriedade da Contribuição Sindical.

Prezados Senhores.

       O recolhimento da Contribuição Sindical devido pelas empresas continua tão obrigatório, quanto nos anos anteriores, pois a lei não foi alterada.

       A Contribuição Sindical devida pela Agência de Propaganda enquanto empresa, deve ser recolhida até o último dia útil do mês de janeiro corrente. Recolhimento fora do prazo acarreta o pagamento de multa e juros. Portanto, ATENÇÃO PARA O PRAZO!

       É muito importante recolher a Contribuição Sindical para a entidade certa, porque a guia de recolhimento é documento essencial para a Agência participar de licitações e para fornecer serviços publicitários às autarquias, para estatais e empresas de economia mista.                     

       Guia de Recolhimento de Contribuição Sindical para Sindicato ou Federação do Comércio ou de outra atividade qualquer, não serve para os fins previstos no artigo 607 da CLT.                              

       Aproveitamos para dar as seguintes informações:

 1. O NÃO RECOLHIMENTO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL COMPETE À JUSTIÇA COMUM PROCESSAR E JULGAR.

 2. COMO TAMBÉM O CÁLCULO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL DEVERÁ SER EFETUADO DE ACORDO COM O CAPITAL SOCIAL ATUALIZADO.

 

TABELA PARA CÁLCULO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL PATRONAL

VIGÊNCIA: JANEIRO/2017

 

Valor base: R$ R$ 358,39

 

LINHA

CLASSE DE CAPITAL SOCIAL (R$)

ALÍQUOTA (%)

VALOR A ADICIONAR (R$)

01

De

0,01

a

26.879,25

Contrib. Mínima

215,03

02

De

26.879,26

  a

53.758,50

0,80

-

03

De

53.758,51

a

537.585,00

0,20

322,25

04

De

537.585,01

a

53.758.500,00

0,10

860,14

05

De

53.758.500,01

a

286.712.000,00

0,02

43.866,94

06

De

286.712.000,01

Em diante

Contrib. Máxima

101.209,34

 

 

Obs.: Atualize seu cadastro, acessando  www.fenapro.org.br .            

 

MODO DE CALCULAR

                                                                                                                                                                                                                          

I   - Enquadre o capital social "classe de capital" correspondente;

II  - Multiplique o capital social pela alíquota correspondente a linha onde for enquadrado

      o capital;

III - Adicione ao resultado encontrado o valor constante da coluna "valor a adicionar",

      relativo a linha do enquadramento do capital.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   EXEMPLOS PRÁTICOS DE CÁLCULOS

EXEMPLO PRÁTICO DE CÁLCULO

                                                                                                                                                                                                                                          

1) CAPITAL SOCIAL DE ...............:         100.000,00

     I - classe de enquadramento......:          53.758,51          até    537.585,00        (3ª linha)

    II - alíquota corresp. a linha.........:                0,20%    ou                   0,002     

                                                 donde....: 100.000,00          x               0,20%   =    200,00   

   III - parcela a adicionar...............:                 322,25

   IV- contribuição devida...............:                 200,00          +             322,25    =   522,25